Exames

Exames Clínicos (preventivos, periódicos e pré-admissionais)


    • PREVENÇÃO DO ESTRABISMO: você pode prevenir e evitar o estrabismo e o agravamento da ambliopia ou “olho preguiçoso” com um exame simples e indolor, realizado no próprio consultório, em seu filho com até 4 anos de idade. Nem sempre os olhos das crianças se desenvolvem ao mesmo tempo. Algumas vezes é preciso ajudar um deles a crescer. E quando o procedimento é feito na idade correta, a probabilidade de êxito no tratamento é muito grande. O segredo está no diagnóstico precoce.
    • TONOMETRIA OU PRESSÃO INTRAOCULAR: Os exames com o TONÔMETRO DE APLANAÇÃO e o CAMPO VISUAL medem a pressão intraocular. São realizados no próprio consultório e usados na prevenção, diagnóstico e controle do glaucoma. Se bem diagnosticada e prevenida, é possível estagnar a evolução da doença apenas com medicação tópica. O Glaucoma é doença silenciosa. Quando o paciente percebe, já perdeu uma parte da visão. Cerca de 5% da população mundial adulta tem glaucoma e a maioria não sabe disso.
    • FUNDOSCOPIA INDIRETA: Pacientes diabéticos ou hipertensos devem ter especial cuidado com os olhos na melhor idade. Com a fundoscopia indireta, um exame simples e indolor realizado no próprio consultório, é possível observar se há degenerações periféricas, descolamento de retina e ainda investigar a presença da retinopatia diabética, problemas que podem afetar gravemente a sua visão.
    • MAPEAMENTO DA RETINA: utilizado para diagnosticar ou avaliar a evolução de doenças sistêmicas como diabetes e hipertensão arterial. Avalia em que condição se encontra a retina em diversas patologias e indicações  cirúrgicas.
    • GONIOSCOPIA: uma lente especial estuda o ângulo da câmara anterior do olho. Fundamental para o diagnóstico e tratamento do glaucoma.
    • RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DA CÓRNEA: com o auxílio de microscópio e material apropriado.
    • ELETROCOAGULAÇÃO

  • Prevenção do Estrabismo
  • Fundoscopia Indireta
  • Lâmpada de Fenda
  • Exame oftalmológico 1
  • Fundoscopia Indireta
  • Lâmpada de Fenda
  • Gonioscopia
  • Mapeamento da Retina
  • Exame oftalmológico 2
  • Tonopen
  • Tonometria ou Pressão Intraocular
  • Fundoscopia Indireta
  • Exame específico realizado no CDOP – 1  (foto: Bebel Ritzmann)
  • Exame específico realizado no CDOP – 2  (foto: Bebel Ritzmann)
  • Exame específico realizado no CDOP – 3 (foto: Bebel Ritzmann)

 

 Exames Específicos (realizados no CDOP)


  • ACUIDADE VISUAL A LASER: indicado para todo paciente que, por alguma razão (doença ocular, trauma, catarata, etc..) não alcance boa visão ao exame de refração, mesmo depois de se tratar todo o grau indicado.
  • ANGIOFLUORESCEINOGRAFIA: indicado para diversas doenças da retina, dentre elas a retinopatia diabética, degeneração macular relacionada à idade, oclusão vascular retiniana e edema de mácula.
  • BIOMETRIA ULTRASSÔNICA: indicado para o cálculo da lente intra-ocular para cirurgias de catarata, ou cirurgias de córnea, retina e vítreo. Também é indicada para o acompanhamento de doenças que alteram o comprimento axial do olho, para permitir a monitorização do crescimento do bulbo ocular em crianças e verificar a assimetria do comprimento axial em portadores de anormalidades.
  • BIOMICROSCOPIA DE FUNDO: indicado para pacientes com alta miopia, com diabetes, com glaucoma, com hipertensão arterial, pacientes que realizarão procedimentos cirúrgicos.
  • CAMPIMETRIA COMPUTADORIZADA: indicado para casos de Endocrinopatias, Maculopatias e Neuropatias. Essencial no diagnóstico e acompanhamento de pacientes com glaucoma.
  • CAPSULOTOMIA COM YAG LASER: indicado para casos de opacificação da cápsula posterior, membrana cíclicas, vítreo na ferida cirúrgica, iridotomias e pigmentação da LIO.
  • CERATOSCOPIA COMPUTADORIZADA: indicado para ceratocones, astigmatismos irregulares, pré-operatório das cirurgias refrativas, controle de retirada de pontos nos transplantes de córnea. 
  • CURVA TENSIONAL DIÁRIA: indicado para diagnóstico e acompanhamento do glaucoma.
  • ESTEREO-FOTO DE PAPILA: indicado para identificar doenças do nervo óptico e acompanhamento do glaucoma.
  • FOTO DE SEGMENTO ANTERIOR: indicado para lesões como nevus, pequenos tumores, lesões vasculares, traumas ou qualquer outra patologia do segmento anterior que se queira realizar uma documentação fotográfica para melhor acompanhamento.
  • FOTOCOAGULAÇÃO A LASER: indicado para pessoas que apresentam doenças que afetam os vasos sanguíneos do olho, como ocorre nos diabéticos. Pacientes que apresentam degenerações periféricas ou roturas na retina predisponentes ao deslocamento de retina também necessitam desse tratamento.
  • FOTOTRABECULOPLASTIA COM LASER: indicado para alguns casos de glaucoma.
  • GONIOSCOPIA: indicado para casos de cistos de íris, aderências da íris secundárias a processos inflamatórios e hemorrágicos ou tumores de íris e corpo ciliar.
  • IRIDECTOMIA COM YAG LASER: indicado para tratamento da crise aguda e na profilaxia do glaucoma de ângulo estreito ou fechado.
  • MAPEAMENTO DA RETINA: indicado para diagnosticar doenças oculares como degenerações retinianas, patologias maculares, tumores intraoculares, oclusões vasculares retinianas, hemorragias vítreas e infecções.
  • MICROSCOPIA ESPECULAR DA CÓRNEA (MEC): indicado para usuários crônicos de lentes de contato, implante de lentes intraoculares e no acompanhamento de doenças corneanas. É um exame indolor e de rápida execução.
  • ORBISCAN II: indicado para medir o diâmetro pupilar e a posição exata do eixo visual.
  • PAQUIMETRIA ULTRASSÔNICA: indicado para casos de suspeita de glaucoma, edema de córneas e pré-operatórios de cirurgias refrativas.
  • PUPILOMETRIA: indicado para medir o diâmetro pupilar em pacientes com pré-operatório de cirurgias refrativas. 
  • RETINOGRAFIA: indicado para o diagnóstico e acompanhamento das doenças vítreo retinianas, glaucoma e doenças do nervo óptico. 
  • TONOMETRIA DE APLANAÇÃO: indicado para todos os pacientes.
  • UBM – ULTRA-SONOGRAFIA BIOMICROSCÓPICA: indicado para avaliação do ângulo, pacientes glaucomatosos, processos tumorais, cistos, descolamento periférico de retina, dispersão pigmentar, etc.
  • ULTRA-SONOGRAFIA DIAGNÓSTICA: indicado para avaliação pós-operatória das cirurgias vítreo-retinianas.